quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Quem se importa com os Sonhos de Mariana?

Ontem eu li um texto sobre a tragédia que encheu de lama a realidade de 5 distritos de Mariana em Minas Gerais (clique no link acima/leia também) e fiquei muito triste com a constatação, tragédias pós tragédias de que, a população não deve de forma alguma esperar nada do estado brasileiro. E que a vida, a morte a sobrevivência e a dignidade para os brasileiros tornou-se Banal. 

Não importa mais a tragédia, Como? Quem são os culpados? O que será feito? E as pessoas? E seus sentimentos? Quem São, Quem eram? o que se tornará tudo isso? Nada, apenas estatísticas, informações desencontradas - Não se sabe, não se viu. 

Quem se importa? É sempre esta a pergunta que fica quando tragédias como estas acontecem por aqui, e as perguntas ficam sempre sem respostas, ou as vezes são vazias, cheia de floreamentos e não dizem nada. Estatísticas e nada mais é o que a mídia coloca, e a população aceita como mero telespectador do horror nosso de cada dia.

Alguma coisa está muito errada com o povo brasileiro, estão todos robotizados, estatizados, sem capacidade, sem coragem de lutar por transparência! Ou será que não nos importamos com mais nada mesmo? Acabamos por aqui? Quem serão as próxima vítimas surpresa do Capitalismo sem escrúpulos e da nossa indiferença para com o próximo?

Quem se importa com o sonho de Mariana/MG?

A Prefeitura de Mariana esclarece que, após o levantamento da equipe de Desenvolvimento Social e Cidadania, neste momento, os itens de maior necessidade são: 
* Alimentos específicos para Crianças: (NAN 1 e 2, APTAMIL 1 e 2, APTAMIL PRE, NUTREM ACTIVIA E MUCILON) 
* Roupas Ìntimas
* Ração para animais de pequeno porte como (cães e gatos)
* Água Mineral.
* Açúcar
* Olho de Cozinha
* Pó de Café

Os itens podem ser entregues no Centro de Convenções (Avenida Getúlio Vargas, sem número, Centro; próximo a Prefeitura Municipal). Fica desde já a agradecimento pela solidariedade de todos. As medidas são necessárias para suprir as necessidades dos desabrigados das comunidades atingidas. A Prefeitura também abriu duas contas para receber doações.

Seguem:
Banco do Brasil através do CNPJ: 18.295.303/0001-44 - Agência: 2279-9, Conta Corrente: 10.000-5.
Caixa Econômica - Agência: 1701, Operação: 013, Conta Poupança: 100-2.


Postar um comentário