quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

A liberdade do Grafite

Eu estou sempre pensando em o quanto estamos reféns de diversas situações em em nosso pais, há prisões física, de mente, de egos e por aí vai (...) a arte, e entre ela a Arte de rua, aquela que sempre é vista como subversiva, liberta, inclusive faz pensar, e isto já é libertador (Viva a liberdade do Grafite) fazer arte.

Esta semana eu fotografei um sensacional trabalho de grafite, uma arte urbana protegida por grades, a grade nossa de cada dia. Achei bem apropriado para uma arte libertadora, fazer pensar sobre as nossas grades. 

Esteja livre!
Pense

Fotos

: Nasck
Salvador 2015
Bairro: Itaigara



Postar um comentário